AGATHA CHRISTIE (biografia e obras)

AGATHA CHRISTIE (biografia e obras)

Hoje vamos conhecer um pouco mais sobre a Rainha do Crime, Agatha Christie. Ela teve 80 publicações, que obra extensa e admirável! Foram 66 romances e 14 coleções de histórias curtas.

 

 

 

Nome: Agatha Mary Clarissa Mille

Nascimento: 15/09/1890

País de nascimento: Inglaterra

Morte: 12/01/1976

Principal obra: Não há como defenir uma, foram muitas obras aclamadas pela crítica.

 

 

 

 

Ela também criou a peça teatral A ratoeira, em inglês a peça chama-se The Mousetrap. É a peça há mais tempo encenada na história do teatro, com mais de 25 mil apresentações desde a sua estreia, em Londres, em 1952. Ainda está em cartaz, isso é extraordinário! O sucesso da peça ocorre também pelo fato de ter um final inesperado, que os espectadores ao fim de cada sessão são convidados a não revelar quando saírem dali. Se quiserem saber mais sobre o espetáculo, confiram aqui https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Mousetrap

As obras da Agatha venderam tanto que só perdem para a Bíblia e para as obras de Shakespeare.

 

1890 - 1916  - Os primeiros anos

Agatha como uma meninaAgatha Mary Clarissa Miller nasceu em 15 de setembro 1890 em Torquay, Devon, Sudoeste da Inglaterra. Sua família era de classe média. O que fez sua educação incomum, mesmo para a época, ela foi educada em casa, em grande parte por seu pai, um americano. Sua mãe, Clara, que era uma excelente contadora de histórias e não queria que ela aprendeu a ler até que ela tivesse oito anos, mas Agatha, entediada e como a única criança em casa (ela tinha dois irmãos mais velhos) aprendeu a ler sozinha aos cinco anos de idade.

Em 1912 Agatha conheceu Archie Christie, um aviador qualificado. Eles se casaram na véspera de Natal 1914 depois que ambos tinham experimentado a guerra - Archie na França e Agatha como voluntária em um hospital da Cruz Vermelha em Torquay.

Quando ela atuou como enfermeira na Inglaterra, aceitou um desafio da irmã: escrever uma história policial em que o leitor não pudesse descobrir a identidade do assassino antes do final da narrativa. Daí surgiu O Misterioso Caso de Styles, que tinha como protagonista um belga chamado Hercule Poirot, inspirado nos vários políticos belgas que se refugiaram na Inglaterra naquela época.

Neste ano, 2016, Hercule Poirot completa cem anos de criação. O famoso detetive criado por Agatha foi protagonista de uma série de livros da autora, se consagrando como um dos maiores detetives já criados.

 

Durante a fase que ela foi enfermeira na guerra adquiriu bastante conhecimento sobre remédios e venenos. Por isso que temos vários livros dela que as pessoas são mortas ou pelo uso de algum remédio em excesso ou ingerem venenos. E, ela é bastante detalhista acerca das substâncias utilizadas.

 

Foi no ano de 1926 que Agatha conseguiu chamar a atenção do público com O Assassinato de Roger Ackroyd. Esse livro causou um mal estar na época, entre os autores e críticos literários. Chegaram a dizer que Agatha não foi ética ao criar “aquele” final para o livro. Mas, algum tempo depois O Assassinato de Roger Ackroyd a consagrou como uma escritora única e genial.

Em 1930, já divorciada e romancista de sucesso, casa-se novamente. Desta vez com Max Mallowan, arqueólogo, com quem viaja pelo Oriente. É dessas viagens que ela tira inspiração para vários livros de sucesso como: Morte no Nilo, Intriga em Bagdá e outros.

 

 

Criou também outros personagens, como Miss Jane Marple, uma simpática velhinha profunda conhecedora da natureza humana, moradora da pequena Saint Mary Mead. A estreia de Miss Marple ocorreu no livro Assassinato na Casa do Pastor.

Seus mais de 80 livros publicados venderam mais de 1 trilhão de cópias em todo o mundo, fazendo de Agatha Christie a maior escritora de romances policiais de todos os tempos.  Ela faleceu em janeiro de 1976, aos 85 anos.

Se quiser saber mais sobre as obras da rainha do crime, veja no link https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_obras_de_Agatha_Christie

 

Os dez melhores livros de Agatha Christie

Confira agora os dez melhores livros de Agatha Christie e boa leitura!

10 – Morte na praia (1941)

morte na praia

Situado em Jolly Roger, um resort de férias luxuosas para os ricos e famosos na costa sul da Inglaterra, Morte na Praia é um dos mistérios mais intrigantes de Agatha Christie. Quando uma linda e jovem noiva é brutalmente estrangulada até a morte na praia, só Hercule Poirot pode vasculhar os segredos que encobrem cada um dos convidados e desvendar o mistério macabro neste parque à beira-mar.

 

 

 

 

 

 

9 – Um Corpo na Biblioteca (1942)

um corpo na biblioteca

Quando alguém encontra um cadáver sem ter a menor ideia da identidade da vítima, faz sentido chamar a polícia ou recorrer a Miss Marple, se você tiver a sorte de conhecê-la. Esta última é a dona da mansão onde ocorreu a descoberta macabra. Mas a investigação do caso se complica, pois os potenciais suspeitos tem um álibi sólido e, pouco tempo, depois uma segunda morte acontece.

 

 

 

 

 

 

8 – Os Crimes ABC (1936)

os crimes abc

Há um serial killer à solta empenhado em fazer o seu trabalho através do alfabeto e, de uma maneira macabra, ele deixa ao lado de cada vítima o Guia Railway aberto na página do nome da cidade onde o assassinato ocorreu. Tendo começado com Andover, Bexhill e depois Churston, parece haver pouca chance de o assassino ser pego – até que ele comete o erro crucial de desafiar Hercule Poirot para frustrar seus planos.

 

 

 

 

 

 

 

7 – Morte no Nilo (1937)

morte no nilo

A tranquilidade de um cruzeiro ao longo do Nilo foi abalada pela descoberta de que Linnet Ridgeway havia sido baleada na cabeça. Ela era jovem , elegante e bonita, uma menina que tinha tudo até perder a vida. Hercule Poirot lembrou de um surto explosivo feito por outro passageiro: “Eu gostaria de colocar a minha querida pistola contra sua cabeça e apertar o gatilho”. No entanto, nada é o que parece.

 

 

 

 

 

 

 

6 - O Homem do Terno Marrom (1924)

o homem de terno marrom

A recém órfã, Anne Beddingfield, veio para Londres atrás de uma aventura, mas ela não esperava encontrá-la na plataforma da estação de metro de Hyde Park Corner. Quando um passageiro se arremessa sobre os trilhos e é eletrocutado, o “médico” na cena parece ter a intenção de pesquisar a vítima  em vez de examiná-la. Armada com uma única pista, Anne se vê batalhando para desmascarar um assassino sem rosto, conhecido apenas como “O Coronel “, enquanto ele luta para eliminá-la.

 

 

 

 

 

 

5 – O Assassinato de Roger Ackroyd (1926)

o assassinato de roger

Na vila do Rei Abade, o suicídio repentino de uma viúva faz surgir rumores de que ela assassinou seu primeiro marido, estava sendo chantageada e tendo um caso secreto com o rico Roger Ackroyd. Na noite seguinte, Ackroyd é assassinado em seu escritório privado – mas não antes de receber uma carta identificando o chantagista da viúva. Rei Abade está cheio de suspeitos, incluindo um mordomo nervoso, o enteado rebelde de Ackroyd e sua cunhada, a Sra. Cecil Ackroyd, que passou a morar na casa da vítima. Cabe agora ao famoso detetive Hercule Poirot, que estava aposentado, resolver o caso de quem matou Roger Ackroyd.

 

 

 

 

 

 

4 – Assassinato na Casa do Pastor (1930)

assassinato na casa do pastor

Assassinato na Casa do Pastor marca a estreia da tão amada detetive de Agatha Christie, Senhorita Jane Marple. Com seu dom para identificar o lado maquiavélico da natureza humana, Miss Marple é levada na cena do crime de seu primeiro, na paróquia local. Coronel Protheroe, o magistrado que todos na cidade odiavam, foi morto com um tiro na cabeça, que não foi escutado por ninguém. Não há pistas, mas todos em torno do vilarejo pareciam ter uma razão para querer o coronel morto. É uma corrida contra o relógio, até que Miss Marple encontra uma trilha feita pelo assassino.

 

 

 

 

 

 

 

3 – O Misterioso Caso de Styles (1920)

o misterioso caso de styles

Poirot, uma refugiada belga da Primeira Guerra Mundial, está se instalando na Inglaterra perto da casa de Emily Inglethorp, que a ajudou em sua nova vida. Seu amigo Hastings chega como um convidado em sua casa. Quando a mulher é morta, Poirot usa suas habilidades de detetive para resolver o mistério.

 

 

 

 

 

 

 

2 – Assassinato no Expresso do Oriente (1934)

assassinato no expresso do oriente

Logo após a meia-noite, a grande quantidade de neve parou o Orient Express nos seus trilhos. O trem de luxo estava surpreendentemente cheio para a época do ano. Pela manhã, foi encontrado um passageiro morto em seu compartimento, esfaqueado 12 vezes e com a porta trancada por dentro.

 

 

 

 

 

 

 

 

1 – E Não Sobrou Nenhum (O caso dos dez negrinhos)  (1939)

e não sobrou nenhum

Primeiro, haviam dez – uma variedade curiosa de estranhos convidados para passar um final de semana em uma ilha privada na costa de Devon. O anfitrião, um milionário excêntrico desconhecido para todos eles, está longe de ser encontrado. Tudo o que os hóspedes têm em comum é um passado negro, disposto a ser revelado – e um segredo que irá selar os seus destinos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: http://dicascidade.com.br/top-10/os-dez-melhores-livros-de-agatha-christie/

http://www.agathachristie.com/